Artigos

 Festa dos Padroeiros


   

             Por que ser devoto de um Santo?

            Por que precisamos de Padroeiro?

            Qual a melhor forma de homenagear o Padroeiro?

            Como ele quer ser honrado?

            A festa é para fazer “ajudar” o Santo ou para agradecer favores recebidos?                     

            É o santo que precisa de nós ou nós, dele?

            Qual é a finalidade principal de uma festa?                                         

            É só para comer, beber, divertir-se ou para algo mais?

 

 

            Respondendo às perguntas:


            - Precisamos de um padroeiro, como protetor e padrinho, para garantir o assunto mais importante de nossa vida: nossa salvação eterna.

            - A melhor forma de honrar e homenagear o Santo padroeiro é imitar o que ele fez para sermos santos nós também: louvar, agradecer, imitá-lo como nosso modelo e implorar sua ajuda e bênçãos.

            - Incentivar a sermos santos, como o padroeiro, é a principal finalidade de uma festa. O Santo padroeiro quer ser honrado de um modo que a gente aprenda com ele a ser santos, vivendo como ele, fazendo o que ele fez para sermos santos.

            - A primeira finalidade de uma festa religiosa não é comer, beber ou faturar alguma renda para as obras da paróquia. “Buscai, em primeiro lugar, o Reino de Deus e sua justiça e o resto vos será dado de acréscimo”, diz Jesus (Mt 6,33).

 

            Diante desta finalidade maior a gente se assusta ao ver quantos desvios e até ofensas a Deus acontecem, quando numa festa religiosa se visa, em primeiro lugar, o lucro material a qualquer preço, mesmo com incentivo de bebedeiras, rivalidades, vícios, músicas e shows pornográficos. “Que adianta ganhar o mundo inteiro e perder Deus e ainda levar pessoas ao pecado na casa de Deus”?


            Há muitas festas onde se constrói o reino do Demônio e não o Reino de Deus.

 

            Nós precisamos de dinheiro para as obras da paróquia, mas, para consegui-lo, não podemos perder a Deus, buscando a ajuda do demônio. A nossa proteção está no nome do Senhor e não nos vícios ou no dinheiro.

 

Pe. Sílvio Mocelin


Fonte: Padre Sílvio Mocelin
Postado em: 27/06/2014 às 17:45:49



Pesquisar no Site


  • Newsletter

  • Paróquia São Pedro e São Paulo - Diocese de Ponta Grossa - Telêmaco Borba - Paraná
    Sociedade Beneficiente São Pedro - Fone: (42)3272 8557 / (42) 3272 8930 - pascom@pspsp.com.br
    Está obra de evangelização não possui fins lucrativos e é custeada através do dinheiro do dízimo
    Desenvolvido por Rinaldo M. Heil